Mente e Espírito Minha Missão

Como Nasce um Gênio?

Como Nasce um Gênio? Genética ou Força de Vontade.

De acordo com a psicologia, gênios são pessoas que produzem uma obra de valor inestimável e capaz de mudar os paradigmas da humanidade. Mas o que tornaria um gênio tão diferente de nós? Seriam eles mais inteligentes? A psicologia entende a inteligência como uma capacidade muito geral que permite raciocinar, planejar, resolver problemas, pensar de maneira abstrata, compreender ideias complexas e aprender.

É óbvio que existem pessoas mais inteligentes que outras, pessoas agraciadas pela loteria que a genética promove a cada nascimento. Também é inegável que uma inteligência alta é preditora de um grande sucesso pessoal e acadêmico. No entanto, seria a inteligência a única explicação para certas pessoas serem tão fantásticas em seus campos de atuação? Você certamente discordaria disso se desse uma olhada no boletim escolar ou no histórico profissional de alguns dos grandes cientistas de nosso passado.

Exemplo de Grandes Gênios que Foram Renegados na Infância.

Raramente um grande cientista se destacava na infância. Muitos deles eram rotulados como lentos, incapazes ou até mesmo estúpidos. O renomado matemático Henri Poincaré foi julgado como imbecil após se submeter ao teste de QI de Binet. Thomas Edison, inventor da lâmpada e de outras 1.903 invenções, foi considerado lento na escola.

Albert Einstein, disléxico, também mostrava problemas de aprendizagem na infância, sendo considerado muito lento ao ser comparado com seus irmãos. Ele tinha tanta dificuldade com o uso da linguagem que sua família temeu que ele nunca aprendesse a falar. Assim, devido a essa dificuldade, seu professor de grego uma vez lhe disse que Einstein nunca seria capaz de ser alguém na vida.

Pesquisas sobre a Formação da Genialidade.

A maioria das pessoas entende que os gênios são frutos da genética, e não do esforço. No entanto, na década de 1980, Marian Diamond, uma neuroana tomista da Universidade da Califórnia, em Berkeley, anunciou uma descoberta fantástica e capaz de revolucionar todos os paradigmas da época acerca da aprendizagem e dos gênios.

Em um de seus famosos experimentos, Diamond colocou ratos em um ambiente super estimulante, cheio de escadas, esteiras e outros brinquedos de todos os tipos. Um outro grupo de ratos ficou confinado em jaulas comuns. Aqueles ratos que viveram em um ambiente mais estimulante, além de viverem por três anos (o equivalente à 90 anos para os seres humanos), também tiveram seus cérebros aumentados. Esse aumento ocorreu em virtude das novas conexões criadas entre os diversos neurônios dos cérebros desses animais.

Em contrapartida, os ratos que viveram nas jaulas comuns morreram mais jovens e tiverem menos conexões celulares em seus cérebros. Desde a descoberta do neurônio, a genialidade sempre foi associada ao número de neurônios que cada indivíduo possuía.

Quanto mais Aprendemos a Genialidade Aumenta.

As células da glia, geralmente chamadas neuróglia ou simplesmente glia (do grego, cola), são células não-neuronais do sistema nervoso central que proporcionam suporte e nutrição aos neurônios. Geralmente arredondadas, no cérebro humano as células da glia são cerca de dez vezes mais numerosas que os neurônios. Além disso, essas células também ajudam na transferência de sinais eletroquímicos entre neurônios.

Diamond já esperava encontrar uma alta concentração dessas células no cérebro de Einstein, visto que ela também encontrou uma alta concentração dessas células nos cérebros de seus “ratos gênios”. A presença dessas células no cérebro do famoso físico sugeriria que um processo de enriquecimento similar ocorreu durante sua vida.

Ao contrário dos neurônios, que se reproduzem pouquíssimo ao longo de nossa vida, células gliais, axônios e dendritos podem aumentar em número com o passar dos anos, de acordo com a maneira que nós usamos nosso cérebro. O trabalho de Diamond sugere que, quanto mais aprendemos mais conexões são criadas.

 

Até a próxima!

Minha Missão

Olá, meu nome é Gabriel Santos sou coach e idealizador do blog Minha Missão. Sou um apaixonado pelo desenvolvimento pessoal, por muitos anos venho estudando a grande capacidade que o ser humano possui de se reinventar e transformar a sua realidade.

Minha Missão

Sobre o autor | Website

Olá, meu nome é Gabriel Santos sou coach e idealizador do blog Minha Missão. Sou um apaixonado pelo desenvolvimento pessoal, por muitos anos venho estudando a grande capacidade que o ser humano possui de se reinventar e transformar a sua realidade.

Insira seu e-mail e receba gratuitamente este e-book. A partir de agora os seus objetivos terão data e hora para realizarem-se!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário aqui !

Seja o primeiro a comentar!