Mente e Espírito Minha Missão

O Medo de Prosperar

O medo de prosperar, geralmente ocasionada pelas crenças limitantes.

Pode parecer incrível, mas inconscientemente algumas pessoas carregam um medo enorme dentro delas: têm medo de prosperar e acumular riquezas. “Como alguém pode ter medo de enriquecer?”, você poderá perguntar. E eu afirmo que esse medo é real, comum, e é uma das causas principais por que muitos não conseguem progredir financeiramente. Essas pessoas vivem pensando assim: “Se ficar rico, serei assaltado, sequestrado, talvez morto. Sem contar o número de pessoas que vão bater à minha porta para pedir dinheiro emprestado”. Tomadas por uma sensação terrível de medo, elas se hipnotizam, e aceitam o insucesso financeiro como uma condição permanente. Não conseguem imaginar nenhum cenário diferente, além de seu estado de incertezas, insegurança e instabilidade.

 

Diversas Desculpas

Geralmente, pessoas que pensam dessa maneira se justificam assim: “Meus avós eram pobres, meus pais eram pobres, nasci pobre, vou morrer pobre”. Vivem como se fossem predestinadas a passar uma existência de sofrimento, angústia e aflições. Algumas pessoas até aceitam essa condição desfavorável, como se fosse algum desígnio ou vontade divina, quando na verdade não há nenhuma virtude na pobreza. Ela gera fome, desnutrição, doenças, analfabetismo, intrigas, confusões, preocupações, desavenças, choros, irritações, úlceras, desgraças e não beneficia ninguém. Tenho certeza de que nem Deus se alegra com a miséria.

 

Sem Compromisso Com a Própria Vida.

A pobreza é uma anomalia existente no interior do homem, em seu modo de pensar e agir. A crença mantida por muitos de que a pobreza revela a pureza do indivíduo não possui nenhum fundamento científico, psicológico ou espiritual. Apenas uma racionalização criada por aqueles que escolheram o caminho de menor resistência. O famoso escritor Helbert Hubbard descreveu com muita clareza a realidade da vida de milhares de homens e mulheres que a cada dia enganam a si mesmos, consciente ou inconscientemente. Eles pertencem à grande multidão e são considerados indivíduos comuns, sem nenhum objetivo a seguir, não faltam ao trabalho, porém não têm urgência em suas ações, não se comprometem com datas, prazos ou resultados e precisam ser lembrados a todo instante de suas obrigações. Alguns passam as horas escondendo-se, esquivando-se, matando o tempo até chegar a hora da saída. Inconformado com essa situação, ele escreveu: “Todo empreendedor bem-sucedido enfrenta o desafio do homem comum, incapaz ou sem disposição de se concentrar em uma tarefa e levá-la até o fim.

 

As Causas do Fracasso

Desatenção tola e irritante e trabalho malfeito parecem ser a regra geral. A incapacidade de atuar de forma independente, a inércia sem fim, a falta de vontade e a relutância em empenhar-se alegremente em uma obra são as causas que colocam o bem-estar da multidão em um futuro cada vez mais remoto. Infelizmente, muitas pessoas fazem apenas o mínimo exigido para evitar ser demitidas no final do mês. Se os homens não têm a iniciativa de agir em proveito próprio, que farão quando o resultado de seu esforço redundar em benefício de todos?”. Na realidade, algumas pessoas sempre procuram desculpas, atribuindo às circunstâncias seu fracasso e sua situação malsucedida.

 

Até a próxima!

Minha Missão

Olá, meu nome é Gabriel Santos sou coach e idealizador do blog Minha Missão. Sou um apaixonado pelo desenvolvimento pessoal, por muitos anos venho estudando a grande capacidade que o ser humano possui de se reinventar e transformar a sua realidade.

Minha Missão

Sobre o autor | Website

Olá, meu nome é Gabriel Santos sou coach e idealizador do blog Minha Missão. Sou um apaixonado pelo desenvolvimento pessoal, por muitos anos venho estudando a grande capacidade que o ser humano possui de se reinventar e transformar a sua realidade.

Insira seu e-mail e receba gratuitamente este e-book. A partir de agora os seus objetivos terão data e hora para realizarem-se!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário aqui !

Seja o primeiro a comentar!